Crianças da Escola Primárias do 1º e 2º Graus de Macomane e Mussacate colhem as primeiras hortícolas da horta escolar

Iniciou em meados do mês de Julho, a colheita das primeiras hortículas na Escola Primárias do 1º e 2º Graus de Macomane e Mussacate. Durante a primeira fase os petizes colheram alface, cenoura e pimento e pepino produzidas pelas crianças dos clubes das escolas criados nestas escolas para realizar  actividades de cariz ambiental e sobre direitos das crianças.

A iniciativa foi desenvolvida pelos clubes de ambiente compostos por 140 crianças destas escolas, que foram capacitadas sobre todas as fases de produção desde a preparação do solo, a sementeira, até a colheita. Esta acção desenvolve-se no âmbito da parceria entre o CTV, Associação para Desenvolvimento de Macomane (ADM) e a Associação Comunitária de Mussacate, com financiamento da Terre des Hommes, no âmbito de uma iniciativa em curso sobre estas matérias.

O projecto Educação Ambiental e Capacitação em Pequenos Negócios, tem como objectivo promover a adopção de práticas sustentáveis de utilização de recursos naturais, sobretudo promovendo a inovação e aproveitamento de coqueiros não produtivos, processamento de frutas e produção de produtos florestais não madeireiros, acrescentando valor para geração de rendimentos.

Ainda dentro do projecto, serão comercializados produtos alimentares, produzidos por estas associações, como o caso de molina, manteiga de amendóim, mel e jam de batata doce. Este produtos foram testados positivamente no Laboratório Nacional de Higiene e Alimentos, baseados em Maputo, e espera-se que a comercializacção a nivel local e nacional inicie assim que forem identificados investidores para o estebelcimento de parcerias.

Esta é a segunda fase deste projecto, sendo que a primeira decorrida no período de 2017- 2019 visava o desenvolvimento da piscicultura, na Comunidade de Macomane. Nesta segunda fase que começou no ano de 2021, incluía a produção de hortícolas, criação do Centro de Desenvolvimento de Criatividade e Consciência Ambiental (CDCCA) liderado por um comité de gestão de recursos naturais com representação de crianças, jovens e adultos, que vai ser capacitado sobre gestão sustentável dos recursos naturais, desenvolvimento de produtos e serviços de alto valor comercial, bem como gestão e implementação de projectos de geração de rendimentos.

A construção do CDCCA, está numa fase bastante avançada, sendo a comunidade em parceria com um empreiteiro local, a participar na construção activa deste centro. Espera-se que o mesmo seja usado para a instalação de uma carpintaria com equipamento para fabrico de colmeias e objectos diversos (incluindo brinquedos) com recurso a madeira extraída de coqueiros velhos, uma pequena serralharia para a produção de bases para a montagem de colmeias e fábrica de olaria.

Referenciar que as actividades a serem desenvolvidas no CDCCA foram selecionadas com envolvimento de membros das comunidades, constituídos em grupos de interesse, e serão desenvolvidas sob liderança de pessoas identificadas localmente que possuem conhecimento e experiência nessas actividades. Estes vão também treinar jovens de ambos géneros para realizar actividades sustentáveis de geração de renda.

Em termos de sustentabilidade do CDCCA será assegurada através de um comité de gestão que será criado e capacitado no âmbito deste projecto. Por outro um lado, o comité esta sendo capacitado para a gestão do Centro e desenvolvimento de outras actividades, de modo a assegurar que existam recursos humanos capacitados para gestão do centro. Na vertente económica os grupos de interesse serão assistidos na melhoria da cadeia de valor das diferentes actividades a desenvolver, incluindo a comercialização da produção visando gerar rendimentos económicos, devendo parte da receita reverter-se a favor do centro.

28-07-2022